Mais um ano que chega ao arremate!

É hora de colocar na balança as coisas boas e ruins que aconteceram na tropeada de nossas andanças.

É hora de pensar nos pealos que tomamos e nas batalhas que vencemos.

É hora de agradecer ao Patrão Velho lá de cima por mais um ano que termina e por mais um ano que inicia.

Queremos agradecer aos velhos amigos e clientes, por permanecerem conosco, e aos novos amigos e clientes pela oportunidade e confiança que nos foi cedida.

Enfim, desejamos a todos amigos, parceiros, clientes e apreciadores da erva mate Mazutti um Feliz e Abençoado Natal e um excelente ano de 2013, com muita saúde, paz, amor, trabalho, realizações e felicidades e é claro regado de chimarrão e tradição.

A ervateira Mazutti recebeu a visita dos alunos do ensino primário do colégio de Lebom Régis-SC.

 

A visita teve o objetivo de completar o assunto passado em sala de aula, o qual tratou sobre o folclore, os hábitos e os costumes do Estado de Santa Catarina, dentre os quais se destaca a erva mate e o chimarrão.

 

Os alunos conheceram todo processo de industrialização da erva mate, o portal da ervateira Mazutti e tomaram muito chimarrão, e por sinal desde crianças com o incentivo de seus pais e avós já tem o costume de apreciar um bom chimarrão.

 

 

 

        

A ervateira Mazutti recebeu a visita dos alunos da 5ª série, do colégio Salvatoriano Imaculada Conceição, de Videira-SC.

 

Os alunos conheceram um pouco da história da erva mate, o processo de industrialização e o Portal da Ervateira Mazutti, e é claro soborearam aquele chimarrão bem cevado com a Erva Mate Mazutti.

 

 

 

 

 

 

 

        

No domingo, dia 16 de Setembro aconteceu em Campos Novos-SC, no Galpão Crioulo – Caipora Viu – o 7º Encontro de Gaiteiros, evento alusivo a semana farroupilha, que reuniu 48 gaiteiros e mais de 1.000 pessoas.

 

Durante todo dia teve muita música, gaitaço e aquele chimarrão bem especial oferecido pela Erva Mate Mazutti. Às 12:00 hrs foi servido o almoço bem campeiro e o encerramento foi com o show de Ernesto Nunes,  gaiteiro, interprete e compositor gaúcho.

 

“Durante o evento foram homenageados os tradicionalistas já falecidos, Irineu Armando Osório, o Piratuba e José Alves Rodrigues, conhecido por Zé Cristino, pelas incansáveis contribuições em manter o tradicionalismo vivo em Campos Novos (SC). Benito Zandoná, organizador do evento, ressalta que o encontro de gaiteiros que desenvolve é a sua contribuição para manter o tradicionalismo como marca na nossa cultura.” (Francieli Parenti – Rádio Cultura AM)
                             

 

Confira também as fotos das crianças, desde cedo com o incentivo de seus pais participam e fortalecem ainda mais a tradição e a cultura gaúcha.

 

 

De 14 a 20 de Setembro comemora-se a semana farroupilha, trata-se de um evento festivo do Estado do Rio Grande do Sul em homenagem a líderes da Revolução Farroupilha, sendo que o dia 20 de Setembro foi oficializado como o Dia do Gaúcho.

 

A Revolução Farroupilha trata-se da maior revolução do Brasil, a qual durou cerca de 10 anos (de 1835 a 1845) e é um dos mais significativos movimentos de revoltas civis e tinha como ideal a fundação de uma república independente do antigo Império Brasileiro.

Desde o século XVII o Rio Grande do Sul já sediava as disputas entre portugueses e espanhóis. Para as lideranças locais o término dessas disputas mereciam, do governo central o incentivo ao crescimento econômico do Sul, como ressarcimento às gerações de famílias que lutaram e defenderam o país.

Além de isso não ocorrer, o governo central passou a cobrar pesadas taxas sobre os produtos do RS. Charque, couros e erva-mate, por exemplo, passaram a ter cobrança de altos impostos, em contrapartida dava incentivos para a importação do Uruguai e Argentina.
Já o sal, insumo básico para a preparação do charque, passou a ter taxa de importação considerada abusiva, agravando o quadro.

Esses fatores, somados, geram a revolta da elite sul-riograndense, culminando em 20 de setembro de 1835, com Porto Alegre sendo invadida pelos rebeldes enquanto o presidente da província, Fernando Braga, fugia do Rio Grande.

 

O Rio Grande do Sul é um Estado onde seu povo tem orgulho e valoriza muito a sua história.

Gaúcho não é só quem nasce no Rio Grande do Sul, mas também quem aprecia, cultiva e/ou incentiva a tradição, os costumes e a cultura Rio-Grandense.

 

 

 

Aconteceu entre os dias 21 e 24 de Junho o 1º Rodeio Internacional e 14º Rodeio Crioulo Nacional e Festa do Frescal na cidade de Santo Amaro da Imperatriz-SC, no Parque de Rodeios Vidal Procopio Lohn, evento esse promovido pelo CTG Boca da Serra.

 

Juntamente com o Rodeio aconteceram várias outras atrações, como a tradicional Cavalgada, apresentações campeiras, gineteadas, bailes e grandes shows, e também a 4ª Edição do Festival Artistico Cultural do Vale das Termas.

 

 

A ervateira Mazutti também esteve presente nesse grande Rodeio, que foi sucesso absoluto e parabenizamos a Patroa do CTG – Maria do Carmo Justen Besen (Carmem), assim como todos os integrantes da organização do evento.

 

 

 

              

 

   

Patroa do CTG - Maria do Carmo Justen Besen (Carmem) e seu Marido - Patrão de Honra do CTG - Mário Cezar Besen

Presidente do MTG de SC - Itamar Sebastião Mattos (Tio Preto)

E como é bonito ver as crianças cultivando a tradição e ainda mais cevando o chimarrão…

         

 

 

 

Sábado e Domingo, dias 2 e 3 de Junho aconteceu no Parque da Araucárias de Caçador-SC a 2ª Etapa do Festival Regional da Cultura Gaúcha, promovido e organizado pelo grupo Alma de Procedência, evento esse visando resgatar a tradição, os hábitos e os costumes gaúchos.

 

Sábado, teve a abertura com um grande baile, animado pelo grupo Estância Nativa.

Domingo, tivemos as danças tradicionais nas categorias mirim, juvenil, adulto e veterano, um baita almoço e durante todo dia mateada com a Erva Mate Mazutti.

 

O Evento foi um grande sucesso, superou expectativas e reuniu grupos de diversas cidades da região Oeste de Santa Catarina.

 

A ervateira Mazutti parabeniza o grupo Alma de Procedência pela organização do evento e a todos os grupos que participaram e abrilhantaram o festival.

              

Sábado, dia 2 de Junho, a ervateira Mazutti recebeu a vista de um grupo de turistas do Estado de São Paulo, cerca de 45 pessoas, em sua maioria proprietários de agências de turismo e promotores de turismo.

 

O grupo visitou a região com o objetivo de analisar o potencial turístico.

Na ervateira Mazutti, além de saborear o chimarrão, aprenderam a prepará-lo e também a preparar o chá de erva mate. Puderam conhecer um pouco sobre a história da erva mate, conhecer o processo produtivo e o pequeno apartamento dentro da chaleira.

 

Deixamos um abraço especial a todos os visitantes e esperamos em outras oportunidades recebê-los novamente.

       

Sábado e Domingo, dias 19 e 20 de Maio, foi realizada uma grande cavalgada em comemoração ao aniversário de José Locatelli, no município de Caçador-SC.

Mais de 100 cavaleiros participaram do evento vindos de diversas cidades.

 

A cavalgada teve saída sábado, às 14:00 hrs no sítio Pinhalzinho, percorrendo o interior do município com parada para café da tarde no Rancho do Bode Véio, seguindo para o sítio Locatelli, onde foi servido a janta e também realizada a sesteada.

 

Domingo, logo cedito os participantes cevaram aquele mate especial de primeira com a Erva Mate Mazutti e também desfrutaram de um delicioso café da manhã, encilharam os cavalos e seguiram passando pelo centro da cidade com destino ao Sítio do Sergio D’Agostini onde foi servido um baita almoço e teve o encerramento da cavalgada.

                                   

participação das crianças na cavalgada


O sábado, dia 19 de Maio, foi marcado pela realização do Dia “D” da Campanha do Agasalho em Caçador. Durante toda tarde, várias atividades aconteceram no Parque José Rossi Adami, onde ficaram centralizadas as doações. Paralelo a isso, equipes de voluntários fizeram a arrecadação de donativos pelos bairros.

 

Várias entidades, empresas e voluntários ajudaram na ação para moblizar a comunidade. Estiveram presentes alunos e professores das oficinas da Fundação de Cultura, Uniarp, SESC, Feira do Artesanato, Associação Amigos do Museu, Projeto Pescar da CDL, Etnia Cabocla, Erva Mate Mazutti, Tiro de Guerra, Desbravadores Alfa, Escoteiros Pindorama, Fundação Municipal de Esportes, entre outros.

 

 

 

   

Na avaliação do coordenador da Defesa Civil, Sérgio Eloi Bisotto, a campanha deste ano foi um sucesso. “Acreditamos que as doações ultrapassaram 40 mil peças e isso mostra que o povo caçadorense é muito solidário. Queremos agradecer todos que fizeram suas doações e também aqueles que foram voluntários ajudando com trabalho neste dia D”, disse.